O prefeito João Doria disse durante a terceira reunião de trabalho do programa Redenção, realizada nesta segunda-feira (06) na sede da Secretaria Estadual de Segurança Pública, no centro, que pretende retirar os viciados da cracolândia da Luz ainda no primeiro semestre de 2017.

O programa respeitará a condição dos dependentes químicos, dando atendimento humanitário e médico adequados para remoção dessas pessoas , disse o prefeito.

 

 

“Ainda nesse primeiro semestre a ação será implementada, mas sempre com muito diálogo de forma humanitária e do ponto de vista medicinal como recomendam as boas práticas não apenas que se realizam no Brasil mas internacionalmente”, disse Doria.

O prefeito ressaltou que o programa Redenção é contínuo, mas que deve alcançar seu objetivo ‘em um período curto’.

 

 

O programa Redenção pretende acabar com a cracolândia na região da Luz e em mais sete regiões da cidade. O programa vai obedecer as etapas de ação social, ação urbanística, zeladoria urbana, ação policial, ação medicinal, ação com a comunidade Civil e de Comunicação.

Sobre os traficantes que dominam a cracolândia da Luz, Doria disse que os criminosos “terão a força da lei, serão presos”.