10/03/2017


Começa a valer a partir do próximo dia 15 a obrigatoriedade das empresas locadoras de caçambas de entulho em efetuar o cadastro de cada equipamento que estiver na rua.

Nesse cadastro deverá contar quem é o gerador do entulho, onde a caçamba está estacionada e qual o aterro para onde o entulho será levado.

 

 

O presidente da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb), Edson Tomaz de Lima Filho, diz que nos últimos anos vem caindo a quantidade de entulho nos aterros.

Segundo Edson, em 2012 a quantidade de entulho depositada foi de 75 mil toneladas ao mês. Em 2016, porém, houve o registro de apenas 6,2 mil toneladas mensais, o que evidencia que pela falta de fiscalização esse material está sendo descartado em aterros ilegais.

O vice-prefeito Bruno Covas disse que a população terá acesso a um mapa com a localização de todas as caçambas legais, e caso o munícipe constate irregularidades, poderá denunciar para a Prefeitura, que poderá aplicar 37 tipos de multas à empresa responsável pelo equipamento. As multas vão de R$ 76 até R$ 18 mil.