O prefeito João Doria resolveu peitar os sindicalistas que só causam problemas ao paulistano. 

Ele quer que sindicalistas paguem os R$ 5 milhões em multas por terem desobedecido decisão judicial e criado o caos na vida dos paulistanos na manhã desta quarta-feira com a paralisação do transporte público.

“A Prefeitura vai pedir a cobrança da multa do sindicato que fez o que não deveria fazer. O sindicato não pode estimular uma greve, sobretudo quando há uma decisão judicial. Decisão judicial é feita para ser respeitada. Já orientei o secretário para que faça. Já foi feito inclusive, é 5 milhões de reais. Isso foi estabelecido pela Justiça. E a Justiça, repito, sentença é para ser cumprida”.

O prefeito fez ainda um apelo aos empresários para que não punam os funcionários que não conseguiram chegar no horário.