24/03/2017


O prefeito João Doria retrucou hoje o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que declarou em entrevista ao jornal O Globo que o prefeito paulistano “está começando” e que considera “prematuro” pensar no nome dele para 2018, “porque ele tem um mês de governo”. 

FHC afirmou ainda que “credibilidade não é igual a popularidade” e que um ano e meio à frente da Prefeitura de São Paulo não é suficiente para construir uma liderança, “mas pode dar voto”.

Em resposta, Doria disse respeitá-lo muito mas lembrou que FHC já errou dois prognósticos sobre ele.

“Respeito muito o Fernando Henrique, pela sua trajetória e sabedoria, mas só lembro que o ex-presidente também disse que eu não seria eleito para ser candidato pelo PSDB nas prévias. Ele apoiou outro candidato”, disse  Doria.

“E ele mesmo já confessou que quando comecei a campanha para a prefeitura de São Paulo também acreditava que eu não seria eleito. Venci nas duas [ocasiões].

As declarações do prefeito foram feitas durante evento no Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP).