Haddad deixa rombo de R$ 7,5 bilhões 

20/03/2017


Em reunião no último sábado, 17, o secretário municipal da Fazenda, Caio Megale, deu ao prefeito uma notícia nada boa: A gestão Haddad deixou um rombo de R$ 7,5 bilhões.

Isso, segundo o secretário, se deve porque a gestão de Fernando Haddad superestimou as receitas e subdimensionou as despesas.

O economista sugere contenção nos gastos da prefeitura.



Relacionados