Masp cria fundo para se proteger da crise econômica

22/03/2017

 

Para se proteger da crise econômica, o Masp criou um fundo, que será alimentado por doações e pelos patronos do museu. Inspira-se em modelo internacional, adotado por gigantes, como MoMA e Metropolitan, cujas reservas chegam a US$ 3 bilhões. Aqui, é claro, o objetivo é mais modesto — R$ 40 milhões, para bancar o museu caso não sobre nenhum outro recurso. Informações são do jornal Folha de S. Paulo.



Relacionados