CUT é proibida de ocupar Avenida Paulista no 1º de maio

 

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) está proibida de ocupar a Avenida Paulista no próximo dia 1º de maio. A determinação partiu da Prefeitura Regional da Sé, que justifica haver um acordo com o Ministério Público que permite a realização de somente três eventos na via por ano: Parada Gay, Réveillon e a corrida de São Silvestre. As informações são da coluna de Mônica Bergamo, da Folha.



Relacionados