SÃO PAULO. O governador Geraldo Alckmin defendeu nesta quinta-feira, 6,  a inclusão do setor público na reforma da Previdência.

“O setor público tem privilégios inaceitáveis, salários altíssimos sem cálculo atuarial. Quem paga é a população mais pobre, através dos impostos indiretos. É um Robin Hood às avessas”, comentou.

“O foco tem que ser um regime geral da Previdência, um sistema de Previdência para todos”, completou o tucano.

Relacionados