Parceria com Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA) quer combater a fome na cidade de São Paulo.

O objetivo é complementar, com doações vindas das empresas representadas pela Associação, o cardápio oferecido em equipamentos sociais do município, preferencialmente os que atendem pessoas em situação de rua, além de contribuir para o combate à fome, à desnutrição e ao desperdício de alimentos. A doação inicial será de cerca de 222 toneladas, que equivale a aproximadamente R$ 1,5 milhão.

Segundo o novo secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Felipe Sabará, os produtos doados terão como destino prioritário equipamentos vinculados à Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, como os 83 Centros de Acolhida, beneficiando cerca de 8 mil pessoas em situação de rua.

“Essas doações serão como esse complemento nutricional, porque os convênios que a gente tem já garantem a alimentação dessas pessoas em situação de rua que estão na rede da Prefeitura”, destacou Sabará.

As empresas envolvidas no programa doarão os alimentos de acordo com a disponibilidade em estoque. Em um primeiro momento, serão entregues arroz, produtos lácteos, biscoitos doces e salgados, bolo, sucos, néctares, café, água mineral, água de coco, achocolatado, leite em pó, cereais, entre outros. Participam da doação inicial 13 empresas: 3 Corações, Bimbo, Bonduelle, Brasil Kirin, Danone, Kellogg, Mars, Mondelez, Nestlé, Pepsico, Unilever, Vigor e Wow Nutrition.

O programa vai destinar as doações das indústrias de alimentos para os equipamentos públicos por meio de dois parceiros: o Mesa Brasil SESC São Paulo e a ONG Banco de Alimentos