A Prefeitura de São Paulo informou o tamanho do prejuízo gerado pelos sindicalistas com a depredação de bens públicos, na última sexta-feira. Foram R$ 267 mil.
Na conta, estão lixeiras, sinais de trânsito, pontos de ônibus, placas de rua, entre outros. O prefeito João Doria já disse que entrará na Justiça para cobrar as perdas e a multa de meio milhão de reais imposta pela Justiça.