Antes da prisão de Lula, Doria quer derrota de petista nas urnas

O prefeito João Doria afirmou na última sexta-feira, 12, que é melhor que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva dispute as eleições em 2018 e perca do que seja condenado na Operação Lava Jato a ponto de não poder ser elegível no pleito.

“Eu defendo que a Justiça faça o que tenha que fazer, principalmente depois de uma Operação como a Lava Jato”, disse. “Que se faça Justiça. Agora, seria bom que o Lula disputasse, até para perder e compreender que o Brasil não está com ele. Ele diz que está, mas a nação não está com Lula”, afirmou o prefeito. Na palestra, o tucano defendeu que, após a eleição, “aí sim” a Justiça tome uma decisão sobre o petista.



Relacionados